© 2019 por King Wart Design.

Todos os direitos reservados.

Bloco do Sargento Pimenta lança primeiro álbum

December 12, 2017

Eram garotos que amavam os Beatles. E o carnaval. Uma pergunta veio à cabeça: por que não inserir a música do quarteto de Liverpool na brasileiríssima sonoridade da bateria de uma escola de samba? Foi com esse objetivo que 13 amigos se reuniram e, em 2010, criaram o Bloco do Sargento Pimenta. Da paixão nasceu o bloco, que reuniu meio milhão de pessoas no carnaval 2017. E, do bloco, veio o álbum. "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" (Sony Music), releitura do clássico disco do quarteto de Liverpool, marca a estreia do Bloco do Sargento Pimenta nas plataformas digitais. O lançamento acontece no ano em que a gravação original completa meio século.

 

A releitura feita segue a ordem original das faixas do álbum e conta com algumas participações especiais. Jongo da Serrinha na música "She's Leaving Home", Ayran Nicodemo em "Whitin You Without You", Carlos Chaves em " Fixing A Hole", Nelson Freitas em "When I'm 64" e Sidon Silva em "Lucy In The Sky With Diamonds".

 

O álbum foi produzido por Leandro Donner e Mateus Xavier, que também cuidaram dos arranjos junto com membros do bloco. Foi gravado no Estúdio Boca do Mato (RJ) por Daniel Sili no segundo semestre em 2017. A mixagem foi feita por Gustavo Krebs nos estúdios Realejo Digital e ARPX Áudio (RJ) e a masterização por Carlos Freitas no Classic Master (SP).

 

Mateus Xavier explica que o Sargento Pimenta sempre teve um grande cuidado com a estrutura original das músicas e que houve a mesma atenção na hora de regravar o disco. "No entanto, fizemos uma releitura na qual trabalhamos novos arranjos e usamos outros instrumentos, baseados em ritmos brasileiros, trazendo uma nova sonoridade para esse grande clássico do rock. A participação do Jongo da Serrinha é um dos pontos altos", destaca.

 

É possível dizer que os Beatles revolucionariam a música pop há 50 anos com "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", quando a psicodelia dava o tom das mudanças culturais. Passado meio século, o disco ainda é referência musical e estética. "Arte icônica com centenas de releituras, pela primeira vez na história surge um encarte com letras. Experimentos técnicos inovadores em estúdio, gerando sons nunca antes ouvidos. Arranjos primorosos que apresentavam desde uma orquestra sinfônica a elementos de música concreta. Álbum com muita cor, onde a banda se apresentava como uma versão de si mesma. Uma fantasia digna de um enredo de carnaval!", explica Leandro Donner, diretor musical, vocalista, guitarrista e um dos fundadores do Bloco do Sargento Pimenta.


NO INÍCIO

 

Em 2017, a homenagem pelos 50 anos do disco "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" deu o tom e levou 500 mil pessoas ao Aterro do Flamengo – um número que faz do Sargento Pimenta o segundo maior bloco do carnaval carioca.

 

No começo eram nove amigos que não tinham relação profissional com a música – engenheiros, advogados, médicos, publicitários e jornalistas – mas com muita vontade de colocar a mão na massa. Convocaram então outros quatro, músicos, que tiveram a incumbência de cuidar dos arranjos e da direção musical. Mais amigos foram chegando e, logo, estavam mergulhados nos ensaios semanais, formando a bateria do bloco. Estava dada a largada para a estreia de sucesso no carnaval carioca.

 

Com arranjos sofisticados, mas que respeitam a personalidade original das melodias, o repertório inclui as cirandas "All You Need Is Love" e "Hey Jude", as marchinhas "She Loves You" e "All My Loving", o baião "Can't Buy Me Love", o samba "I Want To Hold Your Hand", a quadrilha "Here Comes The Sun", o maracatu "Come Together", o xote "Love Me Do", o funk "Ticket To Ride" e o afoxé "Twist And Shout", entre outros hits.

 

O bloco é composto por duas grandes partes: a banda – que ataca com duas guitarras, baixo, saxofone, trombone e dois trompetes – e a bateria, com os tradicionais instrumentos de uma escola de samba, como surdo, caixa, repique, tamborim, agogô e pandeirola. No carnaval, o número de participantes é de cerca de 120, incluindo os alunos da oficina semanal de percussão. O cuidado com o figurino também chama atenção: os Pimentas se apresentam com roupas exclusivas, inspiradas na capa de "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", frequentemente citado como o melhor e mais influente álbum da história do rock. Nas apresentações, os efeitos visuais e a performance dos músicos resultam em um espetáculo lúdico e irreverente.

 

Além dos desfiles carnavalescos, a trajetória do grupo inclui shows no Réveillon 2012 na praia de Copacabana e na festa de recepção ao príncipe Harry no Morro da Urca, no Rio de Janeiro. A primeira turnê pela Europa, em julho e agosto de 2012, teve apresentações comemorativas nos eventos olímpicos de Londres. Um ano depois, o Sargento Pimenta voltou à cidade natal dos Beatles para uma apresentação com o Rhythms of The City, bloco de carnaval inglês, no Cavern Club. Ainda em 2013, foi criado o Little Be, oficina de bateria para jovens de sete a 14 anos. 

 

Please reload

Please reload